Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/283869
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Cochilo e fragilidade : um estudo com idosos do FIBRA Unicamp
Title Alternative: Nap and frailty : a study with elderly from FIBRA Unicamp
Author: Santos, Ariene Angelini dos, 1984
Advisor: Ceolim, Maria Filomena, 1962-
Abstract: Resumo: Objetivo. Analisar a relação entre cochilos e fragilidade em idosos residentes na comunidade. Métodos. Trata-se de um estudo descritivo, correlacional, transversal, recorte do projeto multicêntrico Fragilidade em Idosos Brasileiros (FIBRA). A amostra foi composta por 3.075 idosos do banco de dados do Projeto Fibra UNICAMP, os quais foram avaliados por meio de questionário sociodemográfico, questão sobre cochilo quanto à ocorrência, frequência e duração (Minnesota Leisure Activity Questionnaire) e fenótipo de fragilidade proposto por Linda Fried. Para comparar a fragilidade com relação à frequência e duração dos cochilos foram aplicados os testes Mann-Whitney e Kruskal-Wallis. Para estudar as associações entre a ocorrência de cochilo e os critérios de fragilidade foi utilizado o teste Qui-quadrado. Para analisar a associação entre as variáveis de interesse e a ocorrência de cochilo foi utilizada a análise de regressão logística, modelos simples e múltiplo. Além disso, foi aplicado um modelo de regressão linear múltiplo para a duração dos cochilos com relação às demais covariáveis, exceto os critérios de fragilidade. O nível de significância adotado foi de 5%. Resultados. Para a ocorrência de cochilos foram encontradas associações entre: gênero masculino e renda familiar de 3,1 a 5,0 salários mínimos. Quanto à frequência semanal de cochilos, verificou-se associação significativa apenas entre o critério de fragilidade "gasto calórico em atividade física". Em relação à duração dos cochilos, verificou-se associação significativa entre: ser frágil, gênero masculino e o critério de fragilidade "força de preensão palmar". Conclusão. As hipóteses deste estudo foram parcialmente confirmadas. Estudos longitudinais são necessários para identificar a direção das associações encontradas. Sugere-se que a avaliação do sono e do hábito de cochilar seja incorporada no atendimento de idosos que ingressam nos serviços de saúde. Linha de pesquisa. Processo de Cuidar em Saúde e Enfermagem.

Abstract: Objective. Analyze the relationship between naps and frailty in community-dwelling elderly. Method. This is a descriptive, cross-sectional study that utilized data from the multicenter study Frailty in Brazilian Elderly (FIBRA). The sample was composed of 3,075 elderly, which were assessed using a sociodemographic questionnaire, specific questions about napping regarding its occurrence, frequency and duration (Minnesota Leisure Activity Questionnaire), and assessment of the presence of frailty criteria according to the phenotype proposed by Linda Fried. Frequency and duration of naps were compared according to sociodemographic data and frailty criteria by means of Mann-Whitney and Kruskal Wallis tests. Chi-square test was used to assess the association between the occurrence of nap and frailty criteria. Univariate and multiple logistic regression models were utilized to analyze the association between variables of interest and the occurrence of naps. Additionally, multiple linear regression models were applied to evaluate the influence of some covariates, except frailty criteria, on the duration of naps. The significance level was 5%. Results. We found significant association between the occurrence of naps and: male gender; family income between 3.1 and 5.0 minimum wages. As for the weekly frequency of naps, there was a significant association with the criterion of frailty "caloric expenditure in physical activity". The duration of naps were significantly related to: being frail; male gender; and the criterion of frailty "handgrip strength". Conclusion. The hypotheses of this study were partially confirmed. Longitudinal studies are needed to identify the direction of the associations found. We suggest that the assessment of sleep and napping habits should be incorporated in the comprehensive evaluation of elderly people who come in health services. Line research. Process of Care in Health and Nursing.
Subject: Idosos
Sono
Enfermagem
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SANTOS, Ariene Angelini dos. Cochilo e fragilidade: um estudo com idosos do FIBRA Unicamp. 2013. 193 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Enfermagem, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/283869>. Acesso em: 24 ago. 2018.
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FENF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Santos_ArieneAngelinidos_D.pdf2.59 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.