Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281764
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Da periferia ao centro da(o) capital : perfil dos trabalhadores do primeiro complexo cimenteiro do Brasil : São Paulo, 1925-1945
Author: Chaves, Marcelo Antonio
Advisor: Hall, Michael M. (Michael McDonald), 1941-
Hall, Michael McDonald
Abstract: Resumo: A primeira grande fábrica de cimento do país, inaugurada em 1926, no bairro de Perus, em São Paulo, determina o recorte temático desta dissertação. As circunstâncias de sua instalação, a articulação com outros empreendimentos ¿ indústria de cal e transporte ferroviário -, a produção de uma mercadoria fundamental para a expansão urbana ¿ o cimento - e o singular processo de produção/trabalho da fábrica, introduzem a escrita. Entretanto, o enfoque privilegiado e articulador deste trabalho é a reflexão sobre os diversos aspectos da vida dos trabalhadores da fábrica e das pedreiras, onde o momento da produção e da reprodução da força de trabalho se confundem. Meu trabalho é fundamentado, principalmente, em fontes documentais primárias, destacando-se a exposição, cruzamento e análise de dados extraídos de 1500 fichas de trabalhadores. Assim, procuro identificar as condições de vida e de trabalho das primeiras gerações de trabalhadores da fábrica de cimento, entre os anos de 1925 e 1947: migração e imigração, nacionais e estrangeiros, negros e brancos, grau de instrução, salários, estabilidade no emprego, acidentes de trabalho, entre outros. Além de expor inúmeros dados empíricos que revelam mais detalhes daquele rico período da história do Brasil, nesta pesquisa, tem destaque também a conflituosa e ambígua trajetória de criação do primeiro sindicato dos trabalhadores, em 1933, buscando, através dela, problematizar e ilustrar a não menos ambígua e complexa história dos primeiros momentos de instalação do sindicalismo oficial no Brasil

Abstract: The first great cement factory of Brazil, inaugurated in 1926 in the neighbourhood of Perus, in São Paulo, determines the thematic focus of this dissertation. The circumstances of its construction, its articulation with other enterprises ¿ limestone industry and railroad transport -, the production of a basic element for the urban expansion - cement - and the singular production/work process of the factory open the writing. However, the main focus of this work is a reflection on the diverse aspects of the life of workers from the factory and from the quarries, where the moments of production and of reproduction of the work force blend in with one another. My work is based mainly in primary documentary sources, emphasizing the exposition, comparing and analysis of data extracted from 1500 worker¿s profile records. Thus, I try to identify the life and work conditions of the first generations of workers from the cement factory between the years of 1925 and 1947: migration and immigration; natives and foreigners; black and white; degree of instruction; wages; stability in the job; industrial accidents, among others. Besides displaying innumerable empirical data which disclose more details about that rich period of Brazil¿s history, this research also highlights the conflicting and ambiguous trajectory of the creation of the first workers trade union, in 1933, attempting through that to discuss and illustrate the not less ambiguous and complex history of the first moments of the institution of the official unionism in Brazil
Subject: Cimento - Indústria - Acidentes
Trabalhadores da industria de cimento - Perus (São Paulo, SP)
Acidentes do trabalho - Legislação - Brasil
Sindicatos - Brasil
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Chaves_MarceloAntonio_M.pdf6.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.