Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280870
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Trabalho, qualificação e ação sindical no Brasil no limiar do seculo XXI : disputa de hegemonia ou consentimento ativo?
Author: Souza, Jose dos Santos
Advisor: Antunes, Ricardo, 1953-
Abstract: Resumo: No limiardo séculoXXI, a propagação de uma nova culturado trabalho e da produção,articulada à redefinição da relação entre o Estado e a sociedade civil, trouxe consigo o surgimento de novas demandas de formação de competências sociais e profissionais na classe trabalhadora. No caso brasileiro,para atendertais demandas,o empresariado e o Estado buscaram a adesão da classe trabalhadora ao seu projeto de universalização da educação básica e de ampliação das oportunidades de educação profissional.Para este fim, implementaram uma nova institucionalidade para a formação/qualificação profissional capaz de acionar o consentimento ativo dos trabalhadores por meio da gestão tripartite e paritária dos fundos públicos.Desse modo,a política de formação/qualificação profissional constitui-se não apenas em campo estratégicopara o aumento da produtividade e competitividade das empresas,mas tambémem campo de disputa de hegemonia.Diante desta problemática,esta tese analisaa ação da CUT,da Força Sindical,da CGTe da SDS no campo da política de formação/qualificaçã profissional como objetivo de verificar se ocorre uma ação consciente de disputa de hegemonia ou uma espécie de consentimento ativo diante da reforma da política de formação/qualificaçã profissional Os dadosf oram coletados a partir de fontes bibliográficas primárias, tais como:resoluções de congressos e plenárias nacionais;documentos sobre reestruturação produtiva e educação;panfletose revistas.Outros dados foram coletados por meio de revisão de literatura sobre sindicalismo brasileiroe por meio de entrevistas.Verificou-se que, de maneiras distintas,as centrais sindicais apontam a formação/qualificaçã profissional como fator de aumento da produtividade e da competitividade das empresas condição indispensável par a inserção do país no mercado globalizado. Além disto,entendem que o sucesso na concorrência dessas empresas no mercado internacional seria a alternativa para o desemprego.Esta característica configura relativa confluência de interesses entre as centrais sindicais,o empresariado e o governo. Apesar do esforço da CUT em formular um projeto de formação/qualificação profissional alternativo àquele do empresariado, esta não se furta à participação ativa na política governamental, sob a justificativa de disputa de hegemonia. Carente de um projeto genuinamente anticapitalista e,sse esforço da CUT viu-se permeado de contradições e cada vez mais distante do projeto de rompimento definitivo com a dualidade entre formação parao trabalho e formação para a vida social, rumo à formação omnilateral, de caráter politécnico,de naturezacientífica e tecnológica. A Força Sindical busca conformar a classe trabalhadora às novas exigências de formação/qualificação social e profissional. A. CGTe a SDS,praticamente oscilam entre as formulações da CUTe da ForçaSindical,r espectivamente. Concluiu-se que o principal limite destas centrais para formular um projeto alternativo para a formação/qualificação do trabalhador consiste no imediatismo de seus planos de ação para enfrentar o desemprego e no pragmatismo de suas formulações. Conformadas no projeto empresarial de interdependência entre educação básica e educação profissional até mesmo a CUT, entral mais crítica, mantém-se nos limites do projeto liberal-democrata para a formação do trabalhador naatualidade. As demais centrais pesquisadas seja por opção política ou por ausência de propostas,também se conformam nos limites do projeto educativo liberal democrata. Esta conformação, combinada com a participação ativa destas centrais nos fóruns gestores da política de formação/qualificação profissional instituídas pelo Governo,configuram o consentimento ativo do sindicalismo brasileiro às ações do empresariado e do governo no campo da política de formação/qualificação profissional. (Financiamento CNPq)

Abstract: In the dawning of the XXI Century, the spread of a newc ulture of labor and production articulated with the redefinition of the relationship between the State and Civil Society,brought with it the emergence of new demands rregarding the constitution of social and professional competencies in the working class. In the Brazilian case,the State and entrepreneurs, in order to attend to these new necessities,sought the adhesion of the working class to its project of universalization f basic education and the increase in opportunities for professional education.For that end, they implemented a new institutionalityin professional formation/qualification that would be able to put in action activeconsent through a three party and egalitarian management of public funds. In this manner the policy for professional formation/qualffication becomes not only a strategic site for the increase in productivity and competitiveness of enterprises,but also a site for hegemony disputes.In the face of this,the action of CUT ,Força sindical,CGTand SDS regarding professional formation/qualification is analyzed,in order to verifyif a conscious dispute for hegemony or a kind of activ econsent occurs associated with reform of the formation/qualification policies.Data was collected from primary bibliographical sources,such as: resolution strom congresses and national plenaries;documents on productive reestructuration and education;pamphlets and magazines.Other data was collected from a revision of the literature on Brazilian syndicates and through interviews.It was verified that, in different ways,the syndicate centrais point to professional formation/qualification as a factor in the increaseof productivity and in the competitiveness of companies,an essential condition for the insertion of Brazilin the globalized market. Beyond that, they understand that the sucess in the competition between these companiesin the intemational market would be an altemative to unemployment. This characteristic points to a relative agreement of interests that emerges among syndicates,entrepreneurs and govemment.Despite the efforts of CUT towards formulating professional of formation/qualification project alternative to the one thought out by entrepreneurs, this syndicate centra ldoes not shy away from active participation in government policies,under the justification of a fight for hegemony. Lacking a trulyanti-capitalist project, this effort from CUT is permeated with contradictions and became increasingly distant from the definitive break witht he duality between a formation for labor and formation for sociallife,a move towards an omnilateral formation havinga politechnical character,with a scientific and technological nature.Força Sindical tries to conformthe working classes to the new dernands of social and professional formation/qualification. CGT and SDS oscillate between the projects coming from CUTand Força Sindical, respectively.The conclusion i sthat the main limit these syndicate centrais face in trying to formulate alternative projects for worker formation/qualification is the short-term character of their plans of action for fighting unemployment and in the pragmatism present in their formulations.Conformed to the empresariaL project of interdependence between basic and professional education even CUT, the most critical central,stays safely within the limits of the liberal-democratic project for worker formation cantemporarity. The other centralsresearched due to polítical options or a lack of proposals have also conformed to the liberal-democratic education project.This conformation,combined with their active participation in the management organs for professional formation/qualification instituted by the government,configure the active can sent of Brazilian syndicalism to the actions of the entrepreneurs and of the govemment in the site of professional formation/qualification(Financed byCNPq)
Subject: Trabalho
Sindicalismo - Brasil
Educação - Aspectos políticos
Ensino profissional - Aspectos políticos - Brasil
Qualificações profissionais
Políticas públicas - Brasil
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SOUZA, Jose dos Santos. Trabalho, qualificação e ação sindical no Brasil no limiar do seculo XXI: disputa de hegemonia ou consentimento ativo?. 2005. 340p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/280870>. Acesso em: 5 ago. 2018.
Date Issue: 2005
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Souza_JosedosSantos_D.pdf23.8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.