Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280650
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Na medida do (im)possivel : familia e trabalho entre as mulheres de nivel universitario
Title Alternative: As far as (im)possible : family and work among graduate women
Author: Guedes, Moema de Castro
Advisor: Oliveira, Maria Coleta Ferreira Albino de, 1947-
Abstract: Resumo: O presente trabalho aborda um tema constante nos estudos de gênero: a articulação entre as esferas produtiva e reprodutiva na vida das mulheres. A centralidade da temática reflete a importância da divisão sexual do trabalho como categoria de análise da realidade social. O enfoque sobre as mulheres de nível universitário ressalta, além do papel fundamental da escolarização como vetor de ampliação do universo de escolhas feminino, as recentes mudanças no plano das relações de gênero que este contingente personifica. Nesse sentido, buscamos destacar a heterogeneidade interna deste grupo, comparando esta população em 1970 e 2000 e em distintos grupos etários no mesmo momento histórico. Para tanto utilizamos como fonte de dados os Censos Demográficos do IBGE. As variáveis relativas ao mercado de trabalho mostram uma aproximação no tipo de inserção deste segmento com a população masculina do mesmo estrato educacional ao longo do período pesquisado. No campo da família se destaca o aumento na proporção de mulheres que terminam o ciclo reprodutivo tendo vivenciado a maternidade, apesar das Taxas de Fecundidade Total terem diminuído ao longo do período analisado. O olhar para estes dois planos de forma conjugada revela que neste grupo os salários nem sempre se relacionam de forma negativa com a presença de filhos, sendo o momento que nasce a criança o fator mais determinante. Essas tendências mostram que a maternidade e o trabalho não vêm sendo vivenciados como campos diretamente contrapostos, particularmente nas gerações mais jovens. De uma perspectiva mais ampla, o grupo em questão ajuda a relativizar algumas idéias generalizantes em torno dos comportamentos femininos nas esferas produtiva e reprodutiva da vida social. Além disso, esse olhar permite refletir sobre as contradições, rupturas e continuidades - elementos comuns a qualquer processo de mudança social - que marcam as identidades femininas e masculinas na contemporaneidade.

Abstract: This dissertation addresses a constant issue in gender studies: the interlinkages between the productive and reproductive spheres in women's lives. The centrality of the issue reflects the importance of the sexual division of labor as a category of analysis of social reality. The focus on graduate women highlights the fundamental role of education for the expansion of the set of choices women have. This focus also emphasizes the recent changes in terms of gender relations that this group's experience represents. Accordingly, the study highlights the heterogeneity of this group, by comparing the population in different points in time - 1970 and 2000 - and in different age groups in each moment. The source of the data was the IBGE Demographic Census. The labor market variables show a convergence on the nature of male and female insertion in that same market, when comparing graduate women to graduate men over the studied period. On the family realm, there was an outstanding increase in the proportion of women who finish the reproductive cycle having experienced motherhood, despite the the fall of Total Fertility rates over the analyzed period. Considering these two realms concurrently, it is noted that wages are not always negatively related to motherhood. Furthermore, the most fundamental aspect is the moment in time in the mother's life that the child is born. These trends show that motherhood and work have not been experienced as directly opposed fields in life, particularly for younger generations. In a broader perspective, the studied group conduct to the relativization of some general ideas about women behavior in productive and reproductive spheres of social life. Furthermore, this approach allows assessments of the contradictions, ruptures and continuities - common elements to any process of social change - that mark the female and male identities in contemporary societies.
Subject: Gênero
Mercado de trabalho
Família
Mulheres - Educação (Superior)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: GUEDES, Moema de Castro. Na medida do (im)possivel: familia e trabalho entre as mulheres de nivel universitario. 2009. 121 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia de Ciencias Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/280650>. Acesso em: 12 ago. 2018.
Date Issue: 2009
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Guedes_MoemadeCastro_D.pdf693.44 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.