Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/279417
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Segurança nas Americas : a dificil construção de um consenso sobre a segurança hemisferica : o embate entre a OEA e os interesses nacionais
Title Alternative: Security in the Americas: the difficulties in achieving a common sense in hemispheric security - the dilemma between the ideals promoted by OAS or its member's national interest
Author: Vasconcellos, Patricia Mara Cabral de
Advisor: Miyamoto, Shiguenoli, 1948-
Abstract: Resumo: Com o final da Guerra Fria, vizualizam-se diversas mudanças referentes à percepção da segurança internacional e suas formulações teóricas. Tais transformações também podem ser analisadas no âmbito da segurança no hemisfério americano. A busca pela paz e pela segurança no continente é formalizada através da Organização dos Estados Americanos, fundada em 1948. Na década de 90, com a criação da Comissão de Segurança Hemisférica, o tema adquire maior espaço nas discussões. Desde então, pode-se afirmar, busca-se um consenso entre os membros da Organização sobre a Segurança Hemisférica. As mudanças no cenário internacional são somente um dos fatores que dificultam a construção e a eficiência em torno desse objetivo comum. Preceitos presentes na era bipolar continuam prevalecendo nas relações entre os Estados, tais como a proeminência dos interesses nacionais e a busca pelo poder. Outro fator decisivo nessa análise é a presença de um ator com poder preponderante na região. Esse trabalho almeja fornecer uma breve reflexão sobre as dificuldades de estabelecer um consenso sobre a Segurança Hemisférica, enfatizando os dilemas entre os ideais promulgados pela OEA e os interesses nacionais de seus membros

Abstract: With the end of the Cold War, it has been noticed several changes in the international security perception and its theoretical formulations. Such changes can also be analyzed in the scope of security in the American hemisphere. The search for peace and security in the continent was formalized through the Organization of American States, founded in 1948. With the creation of the Committee on Hemispheric Security in the 1990th, the subject has been more broadly discussed. Since then, the members of the Organization of American States have searched a common sense in Hemispheric Security. Transformations in the international scenario are only one of the factors that make it difficult to achieve a common objective in an efficient way. Premises from the bipolar era still prevail in the relations among states, such as the prominence of national interest and the search for power. Another decisive point in this analysis is the presence of a preponderant power in the region. This work aims to provide a little reflection about the difficulties in achieving a common sense in Hemispheric Security by emphasizing the dilemma between the ideals promoted by OAS or its members¿ national interest
Subject: Organização dos Estados Americanos
Segurança internacional
America - Relações exteriores
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: VASCONCELLOS, Patricia Mara Cabral de. Segurança nas Americas: a dificil construção de um consenso sobre a segurança hemisferica : o embate entre a OEA e os interesses nacionais. 2007. 163p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/279417>. Acesso em: 8 ago. 2018.
Date Issue: 2007
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Vasconcellos_PatriciaMaraCabralde_M.pdf1.92 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.