Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/279145
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Trilhas e tramas : percursos insuspeitos dos tecidos industrializados do continente africano : a experiencia da Africa Oriental
Title Alternative: Tracks and wefts : ususpected paths of the industrialized textiles on the African continent : the East African experience
Author: Silva, Luciane da, 1977-
Advisor: Thomaz, Omar Ribeiro, 1965-
Abstract: Resumo: Partindo da premissa de que o uso dos tecidos constitui-se em forma complexa de comunicação sócio cultural, esta dissertação intenta, por meio da cultura material, refletida no tema tecidos industrializados, levantar evidências teóricas que nos levem a perceber de que maneira os panos podem revelar processos que implicam na construção de identidades das populações africanas. O entendimento dos simbolismos das formas materiais é fundamental para a interpretação das culturas. A percepção do efeito do mundo material nas interações sociais nos leva a captar evidências e entrelinhas de relações e criações, trazendo à tona formas de pertencimento desencadeadas pelos usos específicos dos objetos. Na intersecção da África com contextos transnacionais os tecidos atuam como articuladores das percepções de gênero, geração, etnicidade, filiação política e nacional. A realidade do uso dos têxteis em África é algo peculiar. No vestuário especificamente, o pano que cobre o corpo é também palavra, portador de mensagens sociais. Ao contextualizarmos os tecidos às organizações sociais específicas e compreendê-los dentro de processos de interação, percebemos formas inusitadas de diálogos e embates com as realidades sócio culturais , provando que a criatividade e a mudança são partes constitutivas da tradição e que a cultura material é capaz de proporcionar a criação e a re-criação de papéis sociais.

Abstract: Taking part from the premise that the use of textiles constitutes a complex means of sociocultural communication, this dissertation intends, by means of the cultural material reflected in the theme of industrialized textiles, to bring to light theoretical evidence that helps us understand the way in which these cloths can reveal the processes implicated in the construction of identity of African populations. Understanding of the symbolism of the material forms is fundamental for the interpretation of culture. The perception of the effect of the material world on social interactions pushes us to collect both evident and subtle aspects of relations and creations bringing up ways of belonging unlocked by the specific uses of the objects. In the intersection of Africa and transnational contexts, textiles act as articulators of perceptions of gender, generation, ethnicity and national and political affiliation. The reality of the use of textiles in Africa is something peculiar. Specifically in terms of attire, the cloth that covers the body is also word, carrier of social messages. In contextualizing textiles within specific social organizations and understanding them as part of processes of interaction, we perceive surprising forms of dialogue and clashes with sociocultural realities, demonstrating that creativity and change are constitutive parts of tradition, and that material culture is capable of affording the creation and recreation of social roles.
Subject: Cultura material - África
Tecidos
Identidade
Tradição
Modernidade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SILVA, Luciane da. Trilhas e tramas: percursos insuspeitos dos tecidos industrializados do continente africano : a experiencia da Africa Oriental. 2008. 157 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/279145>. Acesso em: 12 ago. 2018.
Date Issue: 2008
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_Lucianeda_M.pdf2.34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.