Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/274907
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: A eficacia e a heterocronia das respostas de adaptação de basquetebolistas submetidos a diferentes modelos de estruturação da carga de treinamento e competição
Title Alternative: The effectiveness and the heterochrony of basketball players' adaptation responses submitted to a different structuring load training models and competition
Author: Moreira, Alexandre
Advisor: Oliveira, Paulo Roberto de, 1948-
Abstract: Resumo: o presente estudo buscou investigar o efeito de três diferentes modelos de estruturação da carga de treinamento e competição em basquetebolistas. A amostra foi composta por 32 atletas, adultos, do sexo masculino, da divisão principal (AI), que foram divididos em três grupos (Modelos) com média e desvio padrão para idade de: Modelo de cargas seletivas (MS) (N = 9); 25,22:!:3,56 anos; Modelo de cargas concentradas (MCON) (N=IO); 23,90:!:3.90anos e Modelo de cargas complexas (MCX) (N=13); 23,85:!:3,29 anos. O macrociclo de treinamento foi composto por uma etapa preparatória (EP) e uma etapa de competição (EC), com 6 (seis) semanas para EP nos três Modelos, 18 semanas para EC no MS e MCX e 16 para o MCON. Os testes de controle foram realizados no início da etapa preparatória (TO), ao final da etapa preparatória (TI), ao final da primeira metade da etapa de competição (T2) e ao final da segunda metade da etapa de competição (T3). Os marcadores funcionais externos foram observados a partir dos seguintes testes de controle: salto vertical com contramovimento (SV), salto horizontal saindo parado (SHP), salto horizontal triplo consecutivo lado direito (STCD) e lado esquerdo (STCE), teste T adaptado (C40) e Yo-Yo intermittent endurance test (YO-YO). Utilizou-se da ANOVA para medidas repetidas a fim de testar a hipótese de que os três modelos apresentavam a mesma distribuição nos quatro momentos, bem como analisar a hipótese de igualdade nos quatro momentos para cada modelo. O teste post-hoc HSD de Tukey foi utilizado quando necessário. O nível de significância foi estabelecido em 5%. Em caso de violação do pressuposto de esfericidade, a significância foi estabelecida utilizando-se do procedimento de Greenhouse- Geisser. No momento TO e T3 se aceitou a HO de que não existiu diferença para nenhum marcador funcional externo (teste de controle) entre os modelos (P > 0.05), no tocante aos valores brutos. Para TI e T2, diferenças estatisticamente significantes (P < 0.05) somente para C40. O resultado do teste HSD de Tukey mostrou que o MS se diferenciava em TI, tanto do MCON quanto do MCX (P < 0.05). Não foi identificada diferença entre MCON e MCX neste instante. Em T2, diferentemente do resultado encontrado para TI, o MCX se diferenciou de MCON e MS (P < 0.05). Quanto ao efeito do tratamento (magnitude de alteração percentual), verificou-se dinâmica diversa entre os modelos estudados, o que parece refletir a distribuição do conteúdo de treinamento para cada etapa. Os resultados demonstram a eficácia de utilização dos três modelos investigados, entretanto, sugerem também, que diferentes respostas de adaptação podem ser esperadas, tanto no tipo (positiva e negativa), quanto em magnitude, em função da característica de distribuição das cargas. O MCX parece induzir magnitudes de alteração superiores aos demais modelos, com exceção do STCD, quando comparados os momentos TOe T3

Abstract: The present study had as objective to investigate the effect ofthree different structuring load training and competition models in basketball players. The sample was composed of 32 male adult athletes ITommain league (AI), and divided into three groups (Models): selective loads Model (MS) (N = 9); 25,22i: 3,56 years; concentrated loads Model (MCON) (N=1O);23,90i:3.90 years and complex loads Model (MCX) (N=13); 23,85i:3,29 years. The macrocycle was composed of a preparatory stage (EP) and a competition stage (EC), with 6 (six) weeks to EP at all models, 18 weeks to EC at MS and MCX and 16 at MCON. The tests were applied in the beginning ofEP (TO),in the end ofEP (TI), end of first half ofEC (T2) and end ofEC (T3). The external functional markers were observed by the following tests: countermovement vertical jump (SV), horizontal jump (SHP), horizontal consecutive triple jump - right side (STCD) and left side (STCE), T test (C40) and Yo-Yo intermittent endurance test (YO-YO). eatedmeasures ANOVA was used. The post-hoc HSD Tukey test was used when necessary. The 0.05 leveI adopted for statistical significance. For those cases violating the assumption of equal variance, significance was established using the Greenhouse-Geisser procedure. At moments TO and T3 the HOof no significant difference between Models for alI tests was accepted (P > 0.05). At TI and T2, there was significant difference (P < 0.05) only for C40. Pairwise comparisons (HSD Tukey) indicated that the differences were between MS and MCON, MS and MCX (P < 0.05). At T2, the differences were between MCX and MCON, MCX and MS (P < 0.05). There were differences in the effect of the treatment (magnitude of alteration); distinct dynamics between models was showed, what seems to reflect the distribution of load training at each stage. The results also showed the effectiveness of the three investigated Models, however, it also suggests that different adaptation responses could be expected, for type (positive and negative) and magnitude, and these responses would be model-dependent. The MCX showed greatest magnitudes of alteration between TO-T3, except for STCD
Subject: Basquetebol
Periodização do treinamento
Basquetebol - Treinamento
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MOREIRA, Alexandre. A eficacia e a heterocronia das respostas de adaptação de basquetebolistas submetidos a diferentes modelos de estruturação da carga de treinamento e competição. 2006. 178p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Fisica, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/274907>. Acesso em: 7 ago. 2018.
Date Issue: 2006
Appears in Collections:FEF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Moreira_Alexandre_D.pdf2.8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.