Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/267378
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Determinação experimental do volume excesso de soluções de ciclohexano /2-Propanol, ciclohexano /2-Butanol, N-Hexano/2-Propanol, N-Hexano/2-Butanol a 298,15k e A 288,15K e aplicação do modelo eras
Author: Morrone, Simone Ribeiro
Advisor: Francesconi, Artur Zaghini, 1945-2018
Abstract: Resumo: Os objetivos deste trabalho consistiram no levantamento de dados inéditos do volume excesso, por densitometria, de soluções alcano/alcanol e no teste do modelo de soluções ERAS. Os sistemas estudados foram ciclohexano/2-propanol, ciclohexano/2-butanol, n-hexano/2-propanol, n-hexano/2-butanol à pressão ambiente e às temperaturas de 288,15 K e 298,15 K. Todos os valores do volume excesso foram positivos, sendo o maior valor aproximadamente 0,6 cm3/mol encontrado para ciclohexano/2-butanol, a 298,15 K. As curvas volume excesso em função das frações molares dos alcanos possuem formas parabólicas para o ciclohexano e sigmóides para o n-hexano. Constatou-se que o volume excesso aumenta com: a temperatura, o comprimento da cadeia do alcanol e a esfericidade do alcano. o modelo ERAS, que, ao contrário de outras teorias de solução, responde bem não somente à energia livre de Gibbs em excesso, mas também a outras grandezas excesso, foi desenvolvido por Heintz para sistemas do tipo aicano/alcanol.A principal característica deste modelo é o cálculo simultâneo das grandezas excesso. Os resultados apresentados foram bons, chegando, algumas vezes, a valores bem próximos dos experimentais

Abstract: The aim of this work were to collect new data of the excess volume of alkane alkanol solutions, using a vibrating-tube densimeter, and to test the solution model ERAS. The systems studied were cyclohexane/2-propanol, cyclohexane/2-butanol, n-hexane/2-propanol, n-hexane/2-butanol at 288.15 K and 298.15 K and room pressure. Ali values of the excess volume were positive and the maximum was about 0.6 cm3/mol for the cyclohexane/2-butanol at 298.15 K. The curves excess volume versus mole fractions have parabolic form for systems containing cyclohexane and sigmoid form for the n-hexane systems. It was observed that the excess volume increased with: the temperature, the lenght of the alkanol chain and the sphere shape of the alkane. The ERAS model, regardless of other solution theories, does not present good results only for the excess Gibbs free energy, but also for any excess . property, was developed by Heintz for alkane/alkanol systems. The main feature of this model is the simultaneous calculation of excess properties. The results were good and, in some cases, the values were very close to the experimental ones
Subject: Termodinâmica
Solução (Química)
Butanol
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MORRONE, Simone Ribeiro. Determinação experimental do volume excesso de soluções de ciclohexano /2-Propanol, ciclohexano /2-Butanol, N-Hexano/2-Propanol, N-Hexano/2-Butanol a 298,15k e A 288,15K e aplicação do modelo eras. 1994. [93]f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Quimica, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/267378>. Acesso em: 19 jul. 2018.
Date Issue: 1994
Appears in Collections:FEQ - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Morrone_SimoneRibeiro_M.pdf2.14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.