Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/258089
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.CRUESPUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINASpt_BR
dc.identifier(Broch.)pt_BR
dc.descriptionOrientador: Jose Roberto Guimarãespt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Civilpt_BR
dc.format.extent86 p. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.typeDISSERTAÇÃOpt_BR
dc.titleTeste de toxicidade aguda : monitoração da respiração da bacteria klebsiella oxytoca usando um sistema FIA/Condutometricopt_BR
dc.contributor.authorFarah, Carolina Rittes Turatopt_BR
dc.contributor.advisorGuimarães, José Roberto, 1958-pt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Campinas. Faculdade de Engenharia Civilpt_BR
dc.subjectToxicidade - Testespt_BR
dc.subjectEscherichia colipt_BR
dc.subjectMetais pesadospt_BR
dc.subjectTetraciclinapt_BR
dc.subjectDetergentept_BR
dc.description.abstractResumo: A caracterização fisica e química de uma substância ou mesmo de uma mistura de substâncias é muito importante, porém não fornece o potencial tóxico. A utilização de ensaios com organismos, ou seja, a aplicação de testes de toxicidade, pode suprir esta limitação. As bactérias Klebsiella oxytoca e E. colí foram utilizadas como organismosteste em testes de toxicidade, sendo esta última utilizada para fins de comparação. A estimulação/inibição do crescimento bacteriano foi quantificada pela medida da sua respiração, ou seja, do CO2 produzido; que foi medido pelo sistema de análise por injeção em fluxo (FIA), caracterizado por ser um método simples, que utiliza pequenos volumes de amostra, sensível e rápido na determinação. As bactérias foram expostas ao antibiótico tetraciclina, aos metais pesados Hg2+, Cd2+ e CU2+ e a 2 detergentes hospitalares. Os resultados foram expressos em termos de EC5o e tempo de duplicação (tD). A Klebsiella oxytoca apresentou-se mais resistente do que a E. colí. A sensibilidade encontrada pela Klebsiella oxytoca aos metais foi Hg2+>Cd2+>Cu2+ e pela E. colí, Hg2+>Cu2+>Cd2+. Conclui-se que existe uma diferença na sensibilidade entre os organismos do mesmo nível trófico e a necessidade da bateria de ensaiospt
dc.description.abstractAbstract: The physical and chemical characterization of a substance or of a substance mixture is very important, however it does not supply any information related to the toxic potential. The use of assays with organisms, or either, the application of toxicity tests, can overcome this limitation. The Klebsiella oxytoca and E. co/i bacteria had been used as tests-organism in toxicity tests, this last one used for matching purposes. The stimulation/inhibition of the bacterial growth was quantified by the measure of its respirantion of produced CO2 that it was measured by the system of flow injection analysis (FIA), characterized as a simple method that uses a small amost of sample, is sensitive and fast in the determination. The bacteria had been exposed to the antibiotic tetracicline, the heavy metals Hg2+, Cd2+ and Cu2+ and to 2 hospital detergents. The results are expressed in terms of EC5o and duplication time (tD). The Klebsiella oxytoca presented higher resistance than E. co/i. The sensitivity found for the Klebsiella oxytoca to metals was Hg2+>Cd2+>CU2+ and for E. coli, Hg2+>CU2+>Cd2+. One concludes that there is a difference in sensitivity between organisms of the same trofic level and the necessity of the battery of assaysen
dc.publisher[s.n.]pt_BR
dc.date.issued2001pt_BR
dc.identifier.citationFARAH, Carolina Rittes Turato. Teste de toxicidade aguda: monitoração da respiração da bacteria klebsiella oxytoca usando um sistema FIA/Condutometrico. 2001. 86 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Civil, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/258089>. Acesso em: 31 jul. 2018.pt_BR
dc.description.degreelevelMestradopt_BR
dc.description.degreedisciplineSaneamento e Ambientept_BR
dc.description.degreenameMestre em Engenharia Civilpt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameGrassi, Marco Tadeupt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameSiviero, Antonio Robertopt_BR
dc.date.defense2001-08-17T00:00:00Zpt_BR
dc.date.available2018-07-31T14:48:56Z-
dc.date.accessioned2018-07-31T14:48:56Z-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-07-31T14:48:56Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Farah_CarolinaRittesTurato_M.pdf: 5710185 bytes, checksum: 5c15b23113a03261722d797144343476 (MD5) Previous issue date: 2001en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/258089-
Appears in Collections:FEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Farah_CarolinaRittesTurato_M.pdf5.58 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.