Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/257170
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação do PRONAF atraves do comportamento dos atores municipais : estudo de caso em Espirito Santo do Pinhal/SP
Author: Pereira, Lucilia Gonçalves Travaglini Carvalho
Advisor: Tereso, Mauro José Andrade, 1959-
Abstract: Resumo: Em julho de 1996, o governo federal lançou o PRONAF elegendo o agricultor familiar como protagonista, pela primeira vez de uma política orientada para o desenvolvimento rural. No contexto de dificuldades que se encontram os pequenos produtores familiares em reproduzir suas atividades agrícolas e assegurar, ao mesmo tempo, condições de vida adequadas para suas famílias, uma linha de crédito voltada para essa categoria só poderia ser encarada como positiva. Com o intuito de contribuir para o debate das políticas agrícolas voltadas para o fortalecimento e desenvolvimento da agricultura familiar no Brasil, este trabalho analisou o comportamento dos atores municipais (agricultores familiares, agentes financeiros e rede de extensão rural oficial) na implantação e operacionalização do PRONAF, através de um estudo de caso no município de Espírito Santo do Pinhal, SP. A avaliação foi realizada com base na análise de depoimentos, entrevistas e aplicação de questionários, sem que houvesse uma preocupação amostral, em nível de um rigor estatístico, optando-se por uma análise qualitativa que fornecesse indicações precisas do caminho a desvendar. A análise revelou alguns limitantes na implantação do Programa no município como: pouca divulgação, a não participação de todos os atores, insuficiência de técnicos na Casa da Agricultura e nas agencias financeiras. A principal conclusão obtida foi que o sucesso da implantação do PRONAF depende principalmente da efetiva participação de todos os atores municipais, com engajamento e integração entre eles

Abstract: In July 1996, the Federal Government starts the PRONAF, choosing for the first time the family farmers as protagonist of a public police towards rural development. In the context of difficulties in which the small family farmers are to reproduce and assure at the same time appropriate life conditions to their families, this special credit should be faced as positive. This work analyses the behavior of the local actors (family farmers, financial agents and the official rural extension net) in the implementation and functioning of the PRONAF. Within the intention to contribute for the agricultural policies debate for strengthening and developing family farming in Brazil, throughout the case of study in Espirito Santo do Pinhal City, at State of São Paulo. The evaluation was done considering the statements, interviews and questionnaires applied without sample rigor in the statistical meaning. This qualitative analyses option indicates best the paths to unveil. The analyses revealed some limits in the implementation of the Program in the local level such as little information spread, the nonparticipation of all actors, the insufficiency of the local technicians in extension and financial offices. The main conc1usion obtained for the success of the implementation of the PRONAF depends mainly of the effective participation of all local actors with their engagement and integration
Subject: Agricultura familiar
Políticas públicas
Desenvolvimento rural
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: PEREIRA, Lucilia Gonçalves Travaglini Carvalho. Avaliação do PRONAF atraves do comportamento dos atores municipais: estudo de caso em Espirito Santo do Pinhal/SP. 2000. 125p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Agricola, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/257170>. Acesso em: 26 jul. 2018.
Date Issue: 2000
Appears in Collections:FEAGRI - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pereira_LuciliaGoncalvesTravagliniCarvalho_M.pdf4.52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.