Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/256570
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Complexos de glucose, frutose e sacarose com cobre num meio alcalino alcoolico
Author: Marquez Salomon, Jose Ivan
Advisor: Strong III, Frederick Carl, 1917
III, Frederick Carl Strong
Abstract: Resumo: Os complexos de açúcar.com cobre em soluções alcalinas na ausência de amônia tem sido muito pouco estudados, e quase não existem referências na literatura. Complexos deste tipo, foram obtidos com carbonato básico de cobre em soluções de NaOH, com trinta por cento (30%) de álcoolisopropílico. O efeito do álcool é aumentar a estabilidade dos complexos, provavelmente pela formação de semiacetais com os açucares redutores. Foram estudadas as absorbâncias na faixa visível, obtendo-se absorbâncias máximas na faixa de 645 ate 665 nm. Fixou-se 660 nm como referência, para poder fazer comparações. Os complexos foram estudados para diferentes concentrações de NaOH, desde zero (água - álcool ) até 1,20 N. Encontraram-se algumas concentrações apropriadas para estabilizar estes complexos, as quais foram fixadas para dar absorbância máxima. Estas concentrações foram: 0,50 N para a frutose e sacarose e 0,10 N para a glucose. Fixou-se também o tempo de reação por meio de um estudo de.diferentes tempos e foi escolhido aquele que apresentou uma máxima absorbância e.com boa estabilidade. Esse tempo de reação foi fixado em quatro minutos. Foram estudadas as composições destes complexos e encontrou-se que para cada mol de açúcar (Glucose, Frutose ou Sacarose) obteve-se uma relação de 3 moles de cobre (Cu2+). Determinou-se. ocorre por absorção atômica, comparando-se as soluções dos complexos com soluções padrões de Cu.Cl2.2H20. Ao estudar a formação dos complexos com misturas de açúcares observaram-se certas anomalias possivelmente pela interação de açúcares no meio, que apresentaram um comportamento caprichoso; já que a absorbância pode ter alterações independentes das concentrações dos complexos, provavelmente para formação de reações de condensação. A glucose, quando se encontra em soluções de 1,10 N, apresenta um complexo de 1,5 mol de cobre por mol de açúcar. Mas devido a alta concentração alcalina do meio, os complexos são facilmente reduzidos, apresentando dificuldades para trabalhar nessa concentração. Em soluções iguais ou menores de 0,10 N de NaOH, os três açucares, tanto individualmente como em misturas, cumprem perfeitamente a lei de Beer. Fora desta faixa a lei somente se cumpre para açúcares individuais, pelo que esta concentração tem possibilidade de aplicação em análise. As soluções dos complexos foram analisadas para carbonato, pelo aparelho de Orsat e deu uma proporção de um carbonato para cada três moles de cobre, depois de subtrair o conteúdo de carbonato e cobre no branco. Existe a possibilidade do carbonato ser liberado por reação do carbonato básico com o açúcar ou então ligado ao complexo

Abstract: The formation of copper sugar complexes in alkaline solutions .in the absence of ammonia has not been studied and there are scarcely any references in the literature. Complexes of this type were obtained with basic copper carbonate and solutions of NaOH in thirty per cent (30%) isopropanol. The effect of the alcohol is to increase the stability of the complexes, probably though formation of hemiacetals with reducing sugars. Absorbencies were studied in the visible range and showed maximum absorbance in the range 645 to 665 nm. A wavelength of 660 nm was fixed in order to obtain comparisons. The complexes were studied for different NaOH concentration, from zero (water-alcohol) to 1,20 N. The concentrations that gave maximum absorbencies with each sugar determined these were 0,50 N for fructose and sucrose and 0,10 N for glucose. By studying different reaction times, the one that yielded maximum absorbance and good estability, was selected in oll cases, this was four minutes. The composition of these complexes was also studies and it was found that, for each mole of sugar ( glucose, fructose or .sucrose), there resulted a ratio of three moles of cooper (Cu2+). Copper was determined by atomic absorption, comparing the solutions of the complexes with standard solutions of Cu Cl2.2H20. In a study of the formation of comp1exes with mixtures of sugars, some anomalias were observed probably due to sugar interactions in the medium. In 1,10 N NaOH solution, glucose a complex of 1,5 moles of copper per mole of sugar was indicated. Because of the high a1kali concentration, the complex was easily reduced causing difficulties in the use of this concentration. In solutions less or equal to 0,10N I NaOH the three sugars, individually or in mixtures obeyed Beer's Law. Above this concentration of 0,10N NaOH has more general application in analysis. The complex solution was analysed for carbonate with Orsat apparatus and resulted in a relation of one mol of carbonate for each three moles of copper, after substracting the carbonate and copper content of the blank. This relation of carbonate to copper could have resulted from dissolution when the copper reacted with the sugar, or could be due to actual attachment of carbonate to comper in the complex
Subject: Açucar - Análise e testes
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MARQUEZ SALOMON, Jose Ivan. Complexos de glucose, frutose e sacarose com cobre num meio alcalino alcoolico. 1976. [55]f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos e Agricola, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/256570>. Acesso em: 15 jul. 2018.
Date Issue: 1976
Appears in Collections:FEA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
MarquezSalomon_JoseIvan_M.pdf10.42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.