Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/255277
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Estudo da secagem do cafe cereja descascado pelo processo a ar quente assistido a microondas
Author: Cunha, Marta Lima da
Advisor: Marsaioli Junior, Antonio, 1937-
Junior, Antonio Marsaioli
Abstract: Resumo: O resumo poderá ser visualizado no texto completo da tese digital.

Abstract: The abstract is available with the full electronic digital document.
Resumo: O processo de obtenção do café cereja descascado está se tornando cada vez mais utilizado no Brasil, especialmente entre pequenos fazendeiros. Este é um método intermediário entre dois dos processamentos conhecidos: natural (ou seco) e despolpado (ou úmido), em que o fruto maduro (café cereja) passa por um equipamento (descascador de cerejas) que remove a casca e parte da polpa. Neste processo não há uma posterior remoção da mucilagem que permanece envolvendo o grão durante a secagem. Uma das operações mais importantes para o preparo do café cereja descascado é a secagem do produto à uma faixa de 11 a 13 % (base úmida), com a vantagem que há menos umidade a ser removida, quando comparado ao processo natural. Apesar desta e de outras vantagens associadas ao processo cereja descascado proposto originalmente, ainda subsistem algumas dificuldades relacionadas ao aquecimento convencional do café despolpado. Dentre elas prevalece a necessidade de se limitar a temperatura do produto a um valor máximo de 40°C, de modo a se obter um produto de qualidade. Como conseqüência, o produto pode sofrer danos em longos períodos de secagem, que podem variar de 30 a 45 horas, dependendo do produto e das condições de operação. O presente trabalho se refere ao projeto de desenvolvimento de um processo idealizado no Laboratório de Microondas do Departamento de Engenharia de Alimentos, FEA/UNICAMP, visando a introdução da energia de microondas na secagem convencional do café cereja descascado. O ciclo de secagem foi dividido em dois estágios, o primeiro correspondendo à evaporação da umidade inicial de um nível de aproximadamente 47% a um valor intermediário próximo a 30%, efetuado num secador rotativo intermitente convencional, seguido de um tratamento combinado de ar quente e microondas, desenvolvido em um novo tipo de secador cilíndrico rotativo contínuo, a uma faixa de umidade final de 11 a 13% b.u. Apesar dos resultados obtidos serem de caráter preliminar, pois trata-se de um trabalho pioneiro nesta área, eles foram considerados muito positivos, justificando deste modo o estabelecimento de uma nova série de experimentos planejados para a próxima safra, que propiciarão um estudo de otimização do processo a microondas.

Abstract: The technique of processing pulped coffee cherry beans is becoming more popular in Brazil, specially among small farmers. This is an intermediate method between the two processes used to produce the "natural" and "washed coffee", in which the ripe fruit passes through a pulping machine which removes most of the soft outer pulp or fibrous fruit flesh. There is no further removal of the mucilage, that remains coating the grain during the drying. One of the main operations for the preparation of such coffee is the drying of the product to the range from 11 to 13 % w.b., with the advantage that there is less moisture to be removed when compared to the drying of "natural coffee". In spite of this and other known advantages, associated to the original proposed process, there still subsists a few technological difficulties, related to the conventional heated air drying of the pulped coffee. Among them prevails the need for keeping the product' under a limited temperature level, thus requiring the drying air temperature to be controlled to the maximum 40°C, in order to maintain the best quality of the final coffee beverage. As a consequence, the product may be damaged by long periods of drying, which can last from 30 up to 45 hours, depending on the product and operational conditions. This work concerns a process development project at the Microwave Laboratory of the Food Engineering Department, FEA/UNICAMP, aiming to the introduction of microwave energy into the conventional drying procedure of pulped coffee cherry beans. The drying cycle was subdivided into two stages, the first corresponding to an initial moisture evaporation from a content of about 47 % w.b. to an intermediate level averaging 30 % w.b., carried out in a conventional hot air batch rotary dryer, followed by a second combined treatment of heated air and microwave, developed in a novel type of a rotary cylindrical oven operating continuously, to the final 11 to 13 % w.b. moisture range. Although this is a pioneer study, the preliminary results were considered very positive, thereby justifying the establishment of a new series of experiments for the coming coffee harvesting season, in order to propitiate a microwave process optimization study.
Subject: Café - Secagem
Micro-ondas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CUNHA, Marta Lima da. Estudo da secagem do cafe cereja descascado pelo processo a ar quente assistido a microondas. 1996. 74f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/255277>. Acesso em: 21 jul. 2018.
Date Issue: 1996
Appears in Collections:FEA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cunha_MartaLimada_M.pdf49.69 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.