Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/251744
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Educação sexual e formação de professores de ciencias biologicas : contradições, limites e possibilidades
Title Alternative: Sex education and training of teachers of biological sciences : contradictions, limits and possibilities
Author: Bonfim, Claudia Ramos de Souza
Advisor: Sanchez Gamboa, Silvio Ancisar, 1949-
Gamboa, Silvio Ancizar Sanchez, 1949-
Abstract: Resumo: A presente pesquisa consiste em compreender as contradições, possibilidades e limitações da Educação Sexual na disciplina de Ciências nas Escolas de Ensino Fundamental. Parte-se dos fundamentos históricos, políticos e filosóficos para compreender a sexualidade humana e os discursos hegemônicos sobre sexualidade e educação. Aborda-se a trajetória histórica e os marcos epistemológicos da universidade brasileira, as políticas de formação do professor de Ciências Biológicas e a Educação Sexual no Brasil da matriz colonial à proposta da universidade liberal, do patriarcalismo às políticas educacionais leigas e a concepção médica-higienista de Educação Sexual; a universidade brasileira como projeto nacional-desenvolvimentista, as políticas de formação de professores para a industrialização e a abordagem tecnicista da sexualidade. Analisam-se as concepções de sexo e sexualidade no discurso e prática dos professores de Ciências Biológicas e passagem histórica da sexualidade como tema do campo biológico para as Ciências Humanas; as matrizes da reflexão sobre a sexualidade na modernidade, a identidade biológico-reprodutiva matricial e suas legitimações a partir das teorias de Lamarck, Mendel e Darwin; a ruptura moderna com o naturalismo biológico: Havelock Ellis e Freud; a apropriação das ciências humanas e sociais das representações matriciais de sexo e sexualidade, destacando os estudos de Reich, Marcuse, Engels e Foucault. As considerações finais intentam corroborar a tese que defendemos neste estudo: a educação sexual escolar ainda não foi capaz de superar as matrizes e paradigmas oriundos da tradição médico-biologista. As novas abordagens da educação, as pesquisas no campo das Ciências Humanas e Sociais e a ampliação da investigação sobre a Sexualidade e suas plurívocas dimensões apontam para uma nova etapa da circunscrição científica e política dessa temática e suas implicações sociais.

Abstract: This research is to understand the contradictions, possibilities and limitations of sex education in the discipline of science in primary school. It is of historical reasons, political and philosophical to understand human sexuality and hegemonic discourses on sexuality and education. Approaches to history and historical landmarks of epistemological Brazilian university, the training policies of Biological Sciences and Professor of Sexual Education in Brazil's colonial matrix to the proposal of the liberal university, the patriarchy to design educational policies and lay medical-hygienist of Education Sex and the Brazilian university and national-developmentalist project, the policies of teacher education for the industrialization and technical approach to sexuality. It examines the concepts of gender and sexuality in the discourse and practice of teachers of biology and historical passage of sexuality as a theme for the field of biological Sciences, the matrices of reflection about sexuality in modernity, the identity matrix and reproductive-biological their legitimation from the theories of Lamarck, Mendel and Darwin, the rupture with the modern biological naturalism: Havelock Ellis and Freud, the ownership of humanities and social matrix of representations of sex and sexuality, highlighting the study of Reich, Marcuse, Engels and Foucault. The final intend to corroborate the thesis that we defend in this study: the school sex education has not been able to overcome the matrices and paradigms from the traditional doctor-biologist. The new approaches to education, research in the field of Human and Social Sciences and expansion of research on sexuality and its plurívocas dimensions indicate a new stage in the area of scientific and policy issues and their social implications.
Subject: Educação sexual
Formação de professores
Ciencias biologicas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: BONFIM, Claudia Ramos de Souza. Educação sexual e formação de professores de ciencias biologicas: contradições, limites e possibilidades. 2009. 267 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/251744>. Acesso em: 13 ago. 2018.
Date Issue: 2009
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bonfim_ClaudiaRamosdeSouza_D.pdf12.92 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.